Hora certa

Sentimentos não são nada fáceis de se decifrar, é sempre necessário ter a cabeça fria e os pés no chão. Quantas vezes confundimos qualquer sentimento com amor. Passamos dias, meses, anos com uma pessoa, acreditamos que amamos e quando percebemos isso passa. Amor passa? Eu não sei responder essa pergunta. Na verdade, não importa o tempo que se passe com alguém, mas sim a intensidade com que as coisas são vividas. Acredito que tudo dura enquanto vale a pena, ou então… pra que durar? Em alguns devaneios penso em como deve ser amar de verdade, amar a ponto de nunca mais querer viver sem, a ponto de tomar a decisão de um casamento e viver feliz com isso pro resto da vida, não desejar mais ninguém, se sentir completo e não precisar de nada mais. Nos dias de hoje, no meio de tantas coisas supérfluas e sem significado, será possível que o amor verdadeiro ainda aconteça? É tão difícil dizer.
Sou do estilo romântico de ser, acredito em atitudes gentis, em cavalheirismo. Acredito que relacionamentos eternos, como da época dos meus avós, ainda possam existir. E mais, acredito que nos dias atuais, quando acontece é porque realmente é verdadeiro.
Devemos ter paciência em esperar que o amor chegue. E ele chega, de mansinho e quando você percebe, te domina!
O melhor ainda é quando você encontra alguém que te encanta, te fascina, te faz enxergar as coisas de uma forma diferente, te faz imaginar: É ele (a)?
Pode ser que sim, mas a hora pode não ser essa. Quanto tempo esperar? 1 semana? 1 mês? 1 ano? 1 década? Não importa. Se valer a pena, espere o tempo que for.
Tudo vai acontecer no momento certo, se for destinado a ser. Não importa os obstáculos, não importa o que você terá que passar, mas valerá a pena.
Paciência é uma virtude de poucos. Amar também.

A pessoa pode já estar no seu caminho.
A hora certa, uma hora chega.

Image

 

Anúncios

A vida é curta…

Alguma vez na vida você já deixou de fazer algo que queria muito por meio, receio ou preocupação? Se sim, na certa se arrependeu depois. Pois é. O tempo passa e quando notamos, deixamos de viver tantas coisas…
Acredito que tudo tem seu motivo certo e que nada acontece se não é pra acontecer, mas acima disso, acredito que a vida é muito curta pra perder tempo pensando no que poderia ter sido.
Porque não se jogar de cabeça nas emoções e viver os momentos intensamente ao invés de ficar com receio de que lá na frente algo vá dar errado? O medo é nosso pior inimigo. Ele nos impede de realizar nossas maiores vontades e pior que o medo é o arrependimento de não ter realizado enquanto ainda tinha tempo.
Sou a favor das tentativas, dos erros, dos acertos, das quedas e principalmente do momento de se levantar de novo, pois a vida é assim.  Se tudo fosse flores, não haveria razões para sonhar.
O que temos que ter em mente é que a vida é curta, os dias passam rápido demais. E aí? O que você tem feito?
Todos temos dias bons e dias ruins, mas devemos sempre erguer a cabeça e viver o que tiver que viver, enfrentar o que tiver que enfrentar, só assim, lá no futuro, teremos como dizer que aproveitamos o máximo possível.
Viver com medo por quê? Os minutos vão correndo e quando você percebe a oportunidade passou. Temos que ter nossos olhos atentos, nossos corpos dispostos a realizar nossas vontades, desde a menor delas até a mais desejada, ou podemos nos arrepender por ser tarde demais.
Deixe o medo de lado. Deixe os receios, as dúvidas e viva a vida intensamente. Aproveite cada momento como se fosse o último. Dance, grite, pule, cante, beije… APROVEITE.

A vida é curta e o tempo não para!

images (3)