Mudanças.

 

Image

 

Conforme o tempo passa, muita coisa muda. As pessoas não são mais as mesmas, amizades se perdem no tempo, personalidades se definem, amores se criam e se desfazem e se recriam. Tudo muda. E quando a gente ama, a gente tem que aprender que mesmo que os amigos mudem, ainda são amigos. Mesmo que os amores mudem, ainda são amores. Todos temos defeitos e virtudes. O maior motivo da mudança de algumas pessoas, é a dor. A dor faz você ver as coisas de uma forma diferente. Faz você olhar o mundo com outros olhos. Faz você enxergar pessoas de outro jeito. E o que é mais triste, é quando alguém cobra que você seja aquela pessoa do passado, com os mesmos trejeitos, as mesmas manias e isso não volta mais. Algumas vezes a dor muda o sentimento e te faz ser mais duro com você mesmo, com os outros. O medo de sofrer impede que você seja como um dia você foi. A dor que você passou impede que você aja como um dia você agiu. Não é que essa pessoa tenha se perdido pra sempre, ela existe. Só não existe constantemente. Ao sentir a menos pontada de dor, ela se esconde. E algumas dores que a gente vive, pode passar, mas não passa totalmente. Sempre tem um momento, uma palavra, um gesto, que te faz lembrar e aí você revive, mesmo que em lembrança, tudo de novo. Portanto, não é fácil se recuperar, é como um vício em drogas. Você tenta parar e por um tempo até consegue, porém, vem um momento que você lembra da sensação e tudo volta de novo. Não é que não tenha cura, como qualquer tipo de vício, a dor tem cura também. Porém o processo não é fácil e muitas vezes é doloroso. Algumas pessoas são atingidas nesse processo e também sofrem, mas o que é necessário entender, é que não é fácil perdoar, não é facil olhar nos olhos de alguém que te magoou e dizer ‘eu te amo’. Nada disso é fácil. Mas se a pessoa te amar de verdade, vai passar por isso junto com você! Sofrer seu sofrimento. Entender suas confusões e principalmente suas mudanças. Afinal, elas são inevitáveis.